Rio

Flordelis admite saber da morte do marido mas nega ser mandante do crime

Segundo a parlamentar, a mensagem enviada para celular de Lucas pedindo para que jovem matasse pastor foi enviada enviada pela filha adotiva, Marzy Teixeira da Silva

Por Redação Tupi

(Foto: Divulgação)

Terminou na tarde desta sexta-feira (18), o depoimento da deputada federal Flordelis dos Santos, no Fórum de Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Flordelis falou ao plenário por cinco horas, e respondeu perguntas feitas pelos advogados de defesa e de acusação, além da juíza Nearis Carvalho.

Ela admitiu que sabia das ameaças de morte ao marido, o pastor Anderson do Carmo, mas negou ser a mandante do crime. Segundo a parlamentar, a mensagem enviada para o celular de Lucas pedindo para que o jovem matasse o pastor foi enviada enviada pela filha adotiva, Marzy Teixeira da Silva.

Flordelis explicou que todos da casa tinham acesso ao aparelho, e que Marzy foi a última pessoa a usá-lo antes da mensagem ser enviada e apagada. Ela disse ainda que alertou o marido e pediu que ele fizesse um boletim de ocorrência da delegacia, o que não aconteceu.

Em outra parte do depoimento, Flordelis afirmou que quem autorizada a presença de Anderson no plenário da Câmara dos Deputados, era o próprio presidente, Rodrigo Maia, e que o marido participava das reuniões internas, mesmo não tendo mandato.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »