Conecte-se conosco

Baixada Fluminense

Magé cria cartão de identificação de diabéticos que fazem uso de insulina

De acordo com a Secretaria de Saúde, no município, o programa acompanha mais de 11 mil pacientes diabéticos.

Publicado

em

Foto: Divulgação (Prefeitura de Magé)

Em Magé, na Baixada Fluminense, pacientes diabéticos agora terão um novo cartão para facilitar o atendimento e a identificação em situações de emergência. O objetivo é identificar com mais velocidade e agilizar o tratamento do diabético insulinodependente. O cartão vai contar informações como nome, endereço, unidade de saúde da família de referência e o telefone de contato de algum parente ou pessoa próxima.

Segundo a Prefeitura da cidade, os cartões já estão sendo entregues aos pacientes assistidos pelo Programa de Hipertensão e Diabetes, o Hiperdia. De acordo com a Secretaria de Saúde, no município, o programa acompanha mais de 11 mil pacientes diabéticos. Desses, 2.300 fazem uso de insulina continuamente.

O programa trabalha com prevenção, controle e acompanhamento da doença, tanto nas unidades de saúde quanto nas casas dos pacientes cadastrados. A iniciativa ainda disponibiliza os insumos para as pessoas dependentes de insulina, como o glicosímetro, as fitas de verificação para glicemia capilar e lancetas, seguindo um protocolo de atendimento da Secretaria de Saúde.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.