Capital Fluminense

Maior miliciano do RJ morre em confronto com a Polícia Civil

Wellington da Silva Braga, o Ecko, foi baleado durante operação em Paciência, na Zona Oeste do Rio

Por Tatiana Campbell

Ecko
Wellington da Silva Braga, o Ecko (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

A Polícia Civil confirmou que o miliciano Wellington da Silva Braga, o Ecko, morreu após ser baleado no momento em que os agentes o encontraram. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Segundo a polícia, o miliciano mais procurado do estado saía para encontrar a namorada, quando foi detido. Ecko estaria armado e tentou reagir a prisão, mas foi baleado.

O chefe da maior milícia em atividade do estado, estava em uma casa de parentes dentro da Comunidade das Três Pontes, em Paciência, na Zona Oeste do Rio.

A operação batizada de ‘Dia dos Namorados’ foi concluída após uma ação sigilosa da polícia e com a ajuda de informações do setor de inteligência da corporação.

A ação foi realizada por poucos policiais, com o apoio de helicópteros da corporação, para evitar o vazamento de informações. As investigações duraram seis meses.

Fuzil apreendido durante operação que resultou na morte de Wellington da Silva Braga, o Ecko
Fuzil apreendido durante operação que resultou na morte de Wellington da Silva Braga, o Ecko (Foto: Divulgação / Polícia Civil)


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Roberto Canazio
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »