Rio

Maré: Crianças entregam cartas e desenhos ao Tribunal de Justiça do Rio

Os menores pedem menos violência na comunidade

Por Redação Tupi

Crianças do Complexo da Maré, Zona Norte do Rio escreveram cerca de 1.500 cartas que foram entregues ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira. O objetivo é é pedir a volta da Ação Civil Pública (ACP) que regulamenta as operações policiais no local. Em junho essa ação foi suspensa.

A juíza Regina Lucia Chuquer de Almeida Catro, da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital, suspendeu a ACP.

Por nota, a Polícia Militar disse que: “Todas as operações desencadeadas pela Corporação são precedidas por planejamento e seguem rigorosos protocolos de atuação, sempre com objetivo de preservar vidas”. E ressaltou que, em relação ao Complexo da Maré, “Uma área que abriga 16 comunidades que sofrem influência de facções criminosas rivais, as ações exigem um planejamento prévio ainda mais minucioso”. A PM também informou que, de acordo com dados do Instituto de Segurança Pública, houve redução no número de homicídios na região da Maré. Por fim, disse que “Nos sete primeiros meses do ano foram apreendidas quase 200 armas e 10 toneladas de drogas”.

Já o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ainda não se posicionou.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
03 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »