Rio

Ministério Público denuncia 11 pessoas por incêndio no Ninho do Urubu

Tragédia ocorreu no dia 8 de Fevereiro de 2019, no Centro de Treinamento do Flamengo, e provocou a morte de dez adolescentes

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação (Alexandre Vidal / Flamengo).

O Ministério Público denunciou, à Justiça, 11 pessoas apontadas como responsáveis pelo incêndio culposo no Ninho do Urubu. A tragédia, que ocorreu no dia 8 de Fevereiro de 2019, no Centro de Treinamento do Flamengo, provocou a morte de dez adolescentes e lesões em mais três jovens.

A denúncia oferecida junto à 36ª Vara Criminal da Capital, destaca que houve desobediência a sanções administrativas impostas pelo Poder Público e ocultação das condições existentes no local.  A ação penal relata também que, antes do incêndio, o Centro de Treinamento tinha sido interditado porque o Clube exerceu ilegalmente atividade no Ninho.

De acordo com o MP, houve ainda instalação de contêineres para servir de dormitório de adolescentes, que não estavam dentro das regras de engenharia. Além disso, não houve manutenção adequada das estruturas elétricas e nem um plano de incêndio.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »