Rio

Motorista que atropelou 18 pessoas em Copacabana é condenado pela Justiça

Ele foi condenado por falsidade ideológica e ainda responde por homicídio culposo

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução/ Globo News

A Justiça do Rio condenou Antônio de Almeida Anaquim, por falsidade ideológica. O motorista é responsável pelo atropelamento que deixou 16 pessoas feridas e duas mortas, incluindo um bebê, em janeiro de 2018.

Ele foi condenado por ocultar, durante o processo de renovação da carteira de motorista, que sofria de epilepsia. A pena de 1 ano e meio de prisão em regime aberto foi revertida por prestação de serviços comunitários.

Antônio ainda responde por um outro processo pelos crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa – quando não há intenção de matar-. De acordo, com testemunhas, o carro estava em alta velocidade, perdeu o controle e subiu no calçadão.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »