Rio

Operação mira suspeitos de esquema de falsificação de alvarás para soltar criminosos

Fraudes beneficiaram três criminosos que foram soltos por meio da expedição de falsos alvarás de soltura

Por Cyro Neves

(Foto: Divulgação / PCERJ)

As advogadas Angélica Coutinho Malaquias, Débora Albernaz de Souza e o agente penitenciário Fábio Luís da Silva Polidoro, foram presos, na manhã desta terça-feira (09), durante operação da Polícia Civil para desarticular um grupo criminoso responsável pela prática de fraudes contra o sistema penitenciário. Eles são acusados de falsificar alvarás para soltar presos. Outras duas pessoas também foram presas na Avenida Brasil tentando fugir dos agentes da Polinter.

Durante a operação, realizada em conjunto com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP), estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão temporária e 16 de busca e apreensão.

Ainda segundo informações da Polícia Civil, os criminosos João Filipe Cordeiro Barbieri, João Victor Silva Roza e Gilmara Monique de Oliveira Amorim foram beneficiados com as fraudes. Eles foram colocados em liberdade por meio da expedição de falsos alvarás de soltura, expedidos em nome da Polícia Federal.

Comentários
enquete

Quem deve ser eliminado do BBB21?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »