Rio

[OUÇA] ‘Cada um precisa ter consciência’, diz Daniel Soranz sobre aglomerações no Rio

Secretário municipal de Saúde também falou sobre o início da campanha de vacinação na Capital Fluminense

Por Luiz Walcyr

Daniel Soranz (Foto: Talita Giudice / Super Rádio Tupi)

Mais de 31 mil pessoas já foram vacinadas no município do Rio de Janeiro. A vacinação começou na última terça-feira (19) no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla e em alguns asilos e casas de repouso, mas foi intensificada nessa quarta-feira (20).

O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz participou do Show do Clóvis Monteiro, na manhã desta quinta-feira (21), para falar sobre o início da campanha de vacinação. Segundo ele, a campanha será organizada conforme a chegada das doses.

“No início da campanha de vacinação, os grupos prioritários foram os profissionais de saúde, que serão responsáveis por vacinar toda a população. O esquema de vacinação será feito de acordo com a chegada da quantidade de vacinas. Hoje nós temos um problema nacional que é a chegada dos insumos internacionais. Espero que o governo federal resolva o problema essa semana.”

Ele explicou ainda que cada dia da semana será destinado para uma faixa etária específica, por exemplo, na segundo-feira serão vacinados pessoas com 89 anos.

“A gente vai começar por faixas etárias, com um grupo pequeno acima de 90 anos, em dias específicos, na segunda-feira, 89 anos, na terça, 88 e assim por diante. As pessoas vão saber a data exata em que elas vão procurar a unidade de referência”, afirmou.

Mesmo com a chegada da vacina, o número de casos continua aumentando na Capital Fluminense. O secretário também falou sobre o assunto. Ele fez um apelo para que a população não se aglomere.

“Hoje nós ainda temos 1.200 pessoas internadas por Covid-19 no Rio. A prefeitura está lançando algumas ações para tentar diminuir o número de casos, a primeira delas é aumentar a testagem e o rastreamento dos contatos”, e continuou: “Espaços abertos, praias e áreas de lazer, normalmente são áreas de menor transmissão da Covid-19. Isso não significa que as pessoas possam estar nessas áreas próximas das outras. Cada um precisa ter consciência de não aglomerar.

Ouça a entrevista completa abaixo:

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »