Rio

Paes x Crivella: Debate na TV Globo é marcado por troca de ataques e acusações

Entre ofensas e provocações, os candidatos quase não debateram as propostas para a prefeitura do Rio

Por Vittoria Alves

Reprodução

Eduardo Paes (DEM) e Marcelo Crivella (Republicanos) protagonizaram, na noite desta sexta-feira (27), na TV Globo, o último debate antes do segundo turno das eleições para a prefeitura do Rio. Apesar de ser considerado uma chance final para os candidatos apresentarem as propostas, o encontro foi marcado por ofensas e acusações. Os adversários usaram passagens bíblicas e citaram nomes como Sérgio Cabral, Luiz Fernando Pezão e Wilson Witzel para trocarem ataques.

A pesquisa mais recente do Datafolha, divulgada na quinta-feira, 26, indicou que Paes está liderando a disputa com 55% das intenções de voto. Enquanto isso, Marcelo Crivella aparece com 28%. O atual prefeito do Rio se concentrou, desde o início, em acusar o adversário de corrupção e chamá-lo de mentiroso. Paes variou entre responder os ataques e lamentar que o candidato à reeleição não tratasse de propostas.

Durante várias vezes o candidato Marcelo Crivella citou o sétimo mandamento da Bíblia, “Não roubarás”, para provocar o adversário. O atual prefeito do Rio ainda afirmou que Eduardo Paes “rouba mas faz e será preso”. Já o candidato do Democratas seguiu chamando o concorrente de “pai da mentira” —forma como o diabo é nomeado na Bíblia— e de “rei da incompetência”.

A jornalista Ana Paula Araújo, escolhida pela TV Globo para mediar o debate, pediu em diversas oportunidades que os candidatos parassem com as ofensas e se concentrassem nas propostas para a cidade. Apesar das tentativas, Eduardo Paes e Marcelo Crivella seguiram  pedindo pelo “direito de resposta” em meio às provocações.

Já no primeiro bloco, o candidato do Republicanos ignorou a pergunta de Paes e o acusou de roubo, afirmando que ele seria preso.  “O Eduardo Paes vai ser preso e digo isso com coração partido, porque ele cometeu os mesmos erros que Cabral e Pezão”, afirmou Crivella.

O ex-prefeito do Rio rebateu e disse que o adversário “morre de medo de ser preso” e o acusou de “defender interesses de seu grupo”, numa referência a Igreja Universal do Reino de Deus, da qual o prefeito é bispo licenciado.   “Vocês vão perceber o desespero do candidato. Ele vai usar esse tom a noite inteira e eu quero tratar de propostas para a cidade. E ele morre de medo de ser preso quando aquele Rafael Alves, do QG da Propina, começar a falar”, ironizou Paes.

Só no primeiro bloco, foram quatro pedidos concedidos de direito de resposta — dois para cada lado.  Paes tentou em diversas vezes trazer o tema para a cidade do Rio, mas Crivella insistiu em falar sobre corrupção, alegando que “Mais importante que proposta é ver o caráter do candidato.”

No segundo bloco, os temas sorteados foram diversidade, transporte, educação e empregos. Na educação, Crivella afirmou que o PSOL apoiaria Paes numa tentativa de implementar “ideologia de gênero” nas escolas. Na réplica, Eduardo Paes  negou e disse ter se mostrado “contra ideologia de gênero, legalização das drogas e aborto” em seus oito anos de governo. “Sou contra o aborto. Seu tio, aliás, é a favor, e nem por isso eu digo que você é a favor. Quem botou o PSOL no governo foi você, com seu secretário de Educação”, afirmou o ex-prefeito.

O avanço da covid-19 foi pouco mencionada ao longo do debate. No último bloco, Eduardo Paes acusou Crivella de ser diretamente responsável pelas mortes na cidade. “Crivella foi um fracasso até agora contra o coronavírus. Crivella matou, matou não que é exagero da minha parte, mas Crivella permitiu que 6 mil vidas se perdessem”. O bispo rebateu Paes com mais uma referência religiosa. “Tenho pena de você no juízo final”, disparou.

Ainda no terceiro bloco, Crivella se referiu a Eduardo Paes como “Eduardo Cabral”. Em resposta, o ex-prefeito do Rio o chamou de “Marcelo Witzel”. Nas considerações finais, os dois candidatos lamentaram o nível do debate e pediram desculpas aos eleitores cariocas.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »