Rio

PM acusado de balear estudante em escola vai responder por mais dois homicídios

Ele também é acusado de atirar nos jovens Iago do Nascimento Rodrigues e Mateus Jorge Martin pelas costas

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O cabo da Polícia Militar, Fábio de Barros Dias, apontado como responsável por um dos disparos que atingiram Maria Eduarda Alves Ferreira, de 13 anos, em março de 2017, vai responder na Justiça por outros dois homicídios. O juiz Alexandre Abrahão Teixeira, da 3ª Vara Criminal, recebeu no último dia 12 de junho, denúncia do Ministério Público contra o militar pelos assassinatos de dois jovens, em 2014, no Morro do Chapadão.

Maria Eduarda foi morta dentro da Escola Municipal Daniel Piza após ser atingida por quatro tiros durante operação do 41º BPM de (Irajá). A perícia confirmou que um dos disparos, o que atingiu a coxa da menina, partiu do fuzil usado pelo cabo Dias. O magistrado havia rejeitado a denúncia um mês antes da morte de Maria Eduarda.

No entanto, o MP recorreu da decisão, e a 6ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça decidiu dar prosseguimento a ação. Iago do Nascimento Rodrigues e Mateus Jorge Martins estavam em uma motocicleta quando foram mortos a tiros de fuzil pelas costas porque não pararam quando foram abordados por Fábio Dias e outro PM que também responde pelo crime, o subtenente Jorge Luiz Barbosa dos Santos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »