Rio

Polícia Civil indicia 10 pessoas por morte de estudante no Terreirão do Samba

Entre os denunciados estão dois sócios da empresa que organizou o evento e um funcionário da Prefeitura do Rio

Por Marcelo Silva

(Reprodução Redes sociais)

A Polícia Civil indiciou dez pessoas pelo homicídio culposo da estudante, Maria Fernanda de Lima, eletrocutada durante um evento no Terreirão do Samba, no Centro do Rio.

A Delegacia da Cidade Nova que investigava o caso que aconteceu no ano de 2019, encaminhou o resultado do inquérito sobre a morte da jovem ao Ministério Público do Estado.

De acordo com a investigação da unidade, foram responsabilizados pelo crime: dois sócios da empresa que organizou o evento, quatro parceiros comerciais, um funcionário da Prefeitura do Rio, o proprietário de uma empresa que instalou placas de metal no local, um homem contratado por esta empresa para a instalação e um brigadista.

Maria Fernanda estava em uma festa no Terreirão do Samba, em abril de 2019, quando foi eletrocutada ao tocar em uma barra de ferro. Ela chegou a ser socorrida e levada a um hospital da região, mas não resistiu.

Comentários

enquete

Você aprova os convocados para a Seleção Brasileira?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »