Jornalismo

Polícia Civil procura por falso médico que atuava em hospital público

Rapaz, que na verdade era estudante de medicina, utilizava um CRM de um médico que atua no norte do estado

Por Marcelo Silva

(Foto: Reprodução)

Polícia procura por estudante de medicina que atuava como médico no Hospital Municipal Francisco da Silva Teles, no bairro de Irajá, na Zona Norte do Rio.

Davi Paula Torres de Souza, de 28 anos atendia na unidade com o nome de “Dr. Davi Cotrim”, sendo o responsável pela ambulância UTI móvel do hospital.

Segundo a investigação, o estudante conseguiu ser contratado pela empresa terceirizada, que presta serviços para a prefeitura do Rio após a apresentação de documentos falsos.

Na última quinta-feira (16), agentes da Delegacia de Brás de Pina estiveram no Hospital Francisco da Silva Teles para prender o falso médico.

O profissional deixou a unidade assim que percebeu a chegada da polícia. Os agentes foram até um dos endereços cadastrados como o endereço de Davi.

De acordo com a Polícia Civil, durante conversa com os policiais, a esposa de Davi confirmou que ele não é formado em medicina, e sim, estudante de medicina em uma faculdade na Argentina.

Ainda segundo os policiais não há qualquer CRM cadastrado em nome de Davi Paula Torres de Souza no site do Conselho Regional de Medicina.

Questionada pela Polícia, a empresa que contratou o falso médico alega que foi enganada pelo rapaz, que apresentou documentos falsos no momento da contratação.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »