Rio

Prefeitura de Duque de Caxias vai inaugurar nova maternidade pública e mais leitos para tratamento da Covid-19

Todos os espaços contam com climatização e área para acompanhantes

Por Redação Tupi

Foto: Gabriel Mendes

A Prefeitura de Duque de Caxias vai inaugurar no próximo sábado (13) a Maternidade de Santa Cruz da Serra. A nova unidade de saúde da rede municipal será aberta em um momento muito importante, onde as atenções estão voltadas, mais do que nunca, para a saúde dos cidadãos de Duque de Caxias, inclusive daqueles que ainda nem nasceram. A maternidade ocupa uma área construída de 4.714 m² e atenderá mulheres com gravidez de baixo e alto risco.

A Maternidade de Santa Cruz da Serra, no terceiro distrito, vai funcionar com equipamentos modernos e profissionais da área de saúde especializados no atendimento às gestantes. Hoje, as grávidas são atendidas na maternidade do Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo que recebe pacientes de toda Região Metropolitana e onde são realizados, em média, 450 partos normais e cesárias por mês. Com a transferência do setor de atendimento maternal do HMMRC para a nova unidade em Santa Cruz da Serra, a Secretaria Municipal de Saúde vai usar o espaço para a instalação de leitos exclusivos para tratamento de casos de Covid-19.

Na nova unidade serão disponibilizados um centro cirúrgico com três salas, três ambientes de recuperação pós anestésica (RPA), UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) materna e neonatal. São 20 leitos de neonatal e 10 de UTI materna. Há, ainda, 12 enfermarias com seis leitos cada, uma enfermaria com cinco leitos, e mais três de isolamento, totalizando 80 leitos. Todos os espaços contam com climatização e área para acompanhantes.

Na maternidade, o atendimento será totalmente humanizado, o que garantirá que as mães e os bebês não sejam separados em nenhum momento. As gestantes poderão contar com um Centro de Parto Normal (CPN) com oito PPPs (unidades de Pré Parto e Puerpério), que são quartos individuais e com privacidade, e também com uma unidade transfusional, lactário, farmácia, ginecologia, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, serviço social e um laboratório de análises clínicas. No acolhimento das mães, haverá cardiotocografia e classificação de risco.

A construção é ecologicamente sustentável. Na parte superior, placas solares garantem a produção de energia limpa, que ajudam o meio ambiente e reduzem os gastos com o fornecimento de energia elétrica. A construção, orçada em mais de R$ 11 milhões, só pode sair do papel graças ao empenho do prefeito Washington Reis e das equipes das Secretarias Municipais de Saúde e de Obras. O projeto teve o apoio de órgãos estaduais, federais e de parlamentares, que destinaram recursos para a obra.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »