Conecte-se conosco

Rio

Prefeitura do Rio interdita sete estabelecimentos por desrespeito a regras do plano de retomada

Agentes também encerraram festa em clube na Zona Oeste e evento em hotel da Zona Sul

Publicado

em

Foto: Divulgação/Prefeitura

Entre a noite deste sábado e a madrugada de domingo, 14 estabelecimentos receberam multas e 7 foram interditados pela Prefeitura do Rio.
Os agentes fiscalizaram bares e polos gastronômicos em diversos pontos da cidade, entre eles Leblon, Copacabana, Urca, Tijuca, Grajaú, Barra e Recreio, para garantir o cumprimento das novas medidas adotadas no plano de retomada de atividades na cidade.
12 estabelecimentos foram multados por aglomeração, um por fumo em ambiente e um por falta de higiene. As interdições aconteceram na Barra da Tijuca, Leblon e Tijuca, por venda de bebidas após o horário permitido e aglomeração.
 
Desde o início da pandemia, em março, a Vigilância Sanitária fez 9.580 inspeções com foco em coibir o descumprimento das Regras de Ouro, a falta de condições higiênico-sanitárias, e aglomerações nos estabelecimentos. Foram aplicadas 4.424 infrações e 255 estabelecimentos foram interditados. Do total de multas, 552 foi por aglomeração.
 
Com o decreto desta última sexta, as punições passaram a ser mais severas, e o estabelecimento comercial que desobedecer as regras e promover aglomerações será interditado por sete dias, e não mais 24 horas.  Além disso, o valor da multa será de R$ 13 mil e, em caso de reincidência, dobrará para R$ 26 mil.
 
Para voltar a funcionar, o estabelecimento precisa cumprir as exigências que constam no termo de intimação recebido no ato da interdição.
Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *