Rio

Produtor de filmes pornográficos é vítima de homofobia na Barra da Tijuca

Eduardo Albuquerque relatou o momento da agressão no Instagram

Por Redação Tupi

(Divulgação: Redes Sociais)

Eduardo Albuquerque, produtor de filmes pornográficos afirmou em seu Instagram que foi vítima de um ataque homofóbico. A agressão aconteceu na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, onde ele curtia a virada do ano.

Eduardo relatou que voltava de uma lanchonete na Avenida das Américas, na madrugada deste sábado (2), quando foi abordado por um rapaz. Segundo o produtor, o indivíduo perguntou se ele tinha cigarro e ele respondeu que não fumava. A conversa continuou até que o rapaz agrediu Eduardo quando soube que ele era homossexual.

“Ele perguntou se eu era do Rio e respondi que era de São Paulo. Me perguntou com o que eu trabalhava e eu disse que produzia filmes adultos. Ele disse: ‘legal, deve comer várias gostosas’. Quando eu disse que era gay e trabalha com filmes gays ele disse: ‘Pô, cara, tu é maluco, tu é viado? Sai fora’. Eu fique chocado e disse que não tinha entendido, aí ele já me deu um tapão na cara e um murro no meu nariz, do nada”, contou a vítima.

O ator e produtor diz ainda que após o ocorrido não queria falar sobre o assunto por ficou muito mal, mas depois resolveu expor. “Eu só pensei em correr e chorar na hora. Um dia, a lei do retorno vai chegar para esse desgraçado”, escreveu ele nas redes sociais.

Eduardo disse ainda que não foi à delegacia para fazer a denúncia. Segundo ele, no hotel onde estava hospedado questionaram se ele queria que a polícia fosse acionada, mas ele recusou. “Não ia resolver nada. Só subi para o quarto e chorei”.

 

 

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »