Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Rajadas de vento registradas na madrugada desta quinta-feira são as mais fortes desde 2019

Velocidade dos ventos atingiu 93,6km/h na madrugada, considerado Muito Forte

Publicado

em

Foto: Divulgação/ Internet

O carioca viveu uma madrugada de vendaval com rajadas que chegaram a 93,6 km/h no Forte de Copacabana, a maior velocidade registrada na cidade desde 2019. Na estação Marambaia, o vendaval também provocou rajadas de 82,8 km/h entre 3h e 4h e 84,2 km/h entre 4h e 5h. Os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

O Centro de Operações Rio (COR) informa que a cidade entrou em estado de mobilização a 0h40 de quarta-feira (10) devido às condições do tempo. De acordo com a Marinha do Brasil, ondas de até 4 metros de altura podem atingir a orla da cidade até às 21h da sexta-feira (12).

No Forte de Copacabana, entre 4h e 5h, os ventos chegaram a 93,6 km/h e a 88,2 km/h, entre 3h e 4h. Em 2019, foram registradas no dia 6 de fevereiro, às 20h, rajadas de 115,9 Km/h, em Marambaia. Em Copacabana, também no dia 06 de fevereiro de 2019, às 21h, a velocidade dos ventos atingiu 110,2 Km/h.

Até às 16h desta quinta-feira, a cidade registrou 26 quedas de árvores em decorrência dos ventos. Também foi registrada a queda de uma estrutura de alvenaria na Estrada do Camorim, em Jacarepaguá.

O Centro de Operações Rio reforça as recomendações de segurança elaboradas pela Defesa Civil do Estado (Sedec-RJ) e pelo Corpo de Bombeiros do RJ em caso de rajadas de ventos fortes:

Em casa:

– Feche as janelas, basculantes e portas de armários para evitar canalizações de ventos no interior de casa.

 – Persianas, cortinas ou blecautes também devem estar fechados para evitar que estilhaços se espalhem, no caso de alguma janela quebrar.

– Aparelhos elétricos e registro de gás devem estar fechados. Dessa forma, não há agravamento em caso de queda de árvore.

– Evite deixar objetos que possam cair em locais altos;

– Mantenha as árvores do jardim ou do quintal sempre podadas e bem cuidadas.

– Fique atento: se houver falta de luz, cuidado com o uso de velas para evitar incêndios.

Na rua:

– Não se abrigue debaixo de árvores ou de coberturas metálicas.

– Evite a prática de esportes ao ar livre, especialmente, no mar.

 – Evite ficar próximo a precipícios, encostas ou lugares altos sem proteção.

 – Evite passar sob cabos elétricos, outdoors, andaimes, escadas;

– Não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;

 – Não queime lixo, não ateie fogo em terrenos para remover vegetação, não acenda fogueiras ou jogue bitucas de cigarros em estradas ou terrenos com mata;

– Fique atento: caso haja queda de árvore, é possível que a rede de energia tenha sido rompida. Nesta situação, há risco de acidentes causados por raios

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.