Conecte-se conosco

Rio

Rio de Janeiro é o estado mais atacado por hackers às vésperas das eleições

Entre 1º de julho e 31 de agosto, foram cerca de 225 mil sites atacado

Publicado

em

Vista aérea do Centro da Cidade do Rio de Janeiro
Rio de Janeiro é o estado mais atacado por hackers às vésperas das eleições

De acordo com dados da pesquisa “NSFOCUS Global Threat Hunting System”, a alta de ataques DDoS (negação de serviço) no território brasileiro, nos últimos dois meses, está diretamente relacionada às eleições deste ano. Entre 1º de julho e 31 de agosto, foram cerca de 225 mil sites atacados, com destaque para o estado do Rio de Janeiro, que concentrou 36,71% das ameaças, seguido pelo Espírito Santo, com 35,51%.

No mesmo período, em 2021, foram rastreadas cerca de 150 mil invasões, um aumento de 50%, com destaque para agências governamentais e de notícias, instituições educacionais e operadoras de comunicação. Entre os alvos que sofreram com as ofensivas virtuais, então a Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina (17 de julho), 16 prefeituras (31 de julho), Portal Globo e Kyatera (ambas em 10 de agosto) e o site do Governo Federal (29 de agosto).

“Um exemplo que reforça a presença do estado do Rio de Janeiro no primeiro lugar é o recente ataque à prefeitura da capital, o qual deixou indisponível inúmeros serviços críticos. Algumas invasões podem causar graves consequências não somente para as empresas e órgãos públicos, como também para toda a população. A cada ano que passa, as infraestruturas essenciais continuam sendo o principal alvo de ataques DDoS em grande escala”, ressalta André Mello, vice-presidente da NSFOCUS na América Latina.

Além da aceleração da era digital alimentar a intensificação dos crimes cibernéticos, a maior parte das ofensivas durou menos de 5 minutos, com uma alta proporção de ataques transitórios, o que indica que os invasores atribuíram grande importância a ação, além de mostrarem eficiência e investimento no confronto técnico, com ataques de curta duração.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.