Conecte-se conosco

Rio

Rio tem a maior evolução em Ranking de Competitividade dos Estados

Avaliação da organização suprapartidária pretende engajar a sociedade e desenvolver líderes públicos para enfrentar os problemas mais urgentes do Brasil

Publicado

em

Rio de Janeiro
Rio tem a maior evolução em Ranking de Competitividade dos Estados

O Estado do Rio de Janeiro deu um salto representativo no Ranking de Competitividade dos Estados, estudo promovido anualmente, desde 2011, pelo Centro de Liderança Pública (CLP). A avaliação da organização suprapartidária pretende engajar a sociedade e desenvolver líderes públicos para enfrentar os problemas mais urgentes do Brasil. Segundo o levantamento, de 2021 para 2022 o Rio de Janeiro foi o estado que mais evoluiu, subindo seis posições. Agora, ocupa a 11ª posição no cenário nacional. 

De acordo com o grupo de estudos em gestão pública da CLP, o Estado do Rio subiu nove posições no pilar “Eficiência da Máquina Pública”, seis em “Segurança Pública”, três em “Solidez Fiscal” e uma em “Sustentabilidade Ambiental”. No quesito “Eficiência da Máquina Pública”, inclusive, o Rio de Janeiro passou da 14ª para a 5ª colocação em apenas um ano.

“Este estudo, extremamente técnico, é mais um indicador que confirma o momento de evolução do Estado do Rio de Janeiro de uma maneira geral”, afirmou o governador Cláudio Castro.

No pilar “Segurança Pública”, o estado fluminense passou da 26ª para a 20ª posição, com ênfase no desempenho dos seguintes indicadores: “Presos sem Condenação” (+ 7 posições), “Mortes a Esclarecer” (+ 4) e “Segurança Patrimonial” (+ 2).

Evolução na solidez fiscal

Ainda segundo o estudo, também foram constatados avanços nos seguintes indicadores: “Qualidade da Informação Contábil e Fiscal” (+ 11 posições), “Eficiência do Judiciário” (+ 7), “Oferta de Serviços Públicos Digitais” (+ 6), “Equilíbrio de Gênero no Emprego Público Estadual” (+ 5), “Prêmio Salarial Público-Privado” (+ 4) e “Equilíbrio de Gênero na Remuneração Pública Estadual” (+ 3).

No pilar “Solidez Fiscal”, o Rio de Janeiro subiu três posições, com melhora relativa nos indicadores de “Resultado Primário” (+ 19 posições), “Poupança Corrente” (+ 18), “Gasto com Pessoal” (+ 10) e “Índice de Liquidez” (+ 6).

Sustentabilidade em pauta

Este ano o Centro de Liderança Pública também realizou a segunda edição do Ranking de Competitividade e Sustentabilidade dos Estados. Foram apresentadas análises sobre práticas de sustentabilidade dos estados brasileiros em 2022 e um comparativo em relação a sua performance no Ranking de 2021. Os principais desafios energéticos, de saneamento e distribuição de água foram levados em consideração.

Dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), o Rio teve o maior destaque no ODS 6, “Água Potável e Saneamento”. O estado ocupa a 5ª posição, uma acima em relação ao ano anterior. O Ranking 2022 da CLP também aponta avanços em “Parcerias e Meios de Implementação” e “Igualdade de Gênero”.

O levantamento do Centro de Liderança Pública seleciona os indicadores considerados fundamentais para a promoção da competitividade e melhoria da gestão pública dos Estados brasileiros, distribuídos em dez pilares temáticos: Infraestrutura, Sustentabilidade Social, Segurança Pública, Educação, Solidez Fiscal, Eficiência da Máquina Pública, Capital Humano, Sustentabilidade Ambiental, Potencial de Mercado e Inovação.

Segundo afirma em seu site, o CLP trabalha há 12 anos por um Estado Democrático de Direito de fato, que seja mais eficiente no uso de seus recursos e com respeito à coisa pública. O Centro informa ainda já ter feito projetos de educação e competitividade em mais de 100 organizações públicas, privadas e do Terceiro Setor.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *