Rio

Rio tem programação especial para o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Data tem o objetivo de promover o respeito e a tolerância entre as diversas religiões

Por Redação Tupi

Rio de Janeiro – Ato ecumênico celebra o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, na Igreja Ecumênica da Religião de Deus, no bairro Riachuelo, zona norte da capital fluminense (Tomaz Silva/Agência Brasil)

O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, nesta terça-feira (21), terá programação especial no Rio de Janeiro. Entre eles, shows na Cinelândia, no Centro, seminários e debates no Centro Cultural da Justiça Federal. O evento é organizado pelo Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (Ceap) e a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR).

O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa foi instituído em 2007 pela lei número 11.635, em homenagem à Mãe Gilda, Iyalorixá que foi vítima de intolerância religiosa no fim de 1999. A data também faz alusão ao Dia Mundial da Religião e tem o objetivo de promover o respeito, a tolerância e o diálogo entre as diversas religiões.

Programação

Centro Cultural Justiça Federal:

– Sala Sessão – 9h30.

– Sala Sessão – 10h às 11h30 – Oradora: Carolina Rocha;
– Mesa: Religiões no Campos do Direitos.

– Sala Sessão – 12h às 12h45;
– Lançamento do livro “Marchar Não é Caminhar: interfaces políticas e sociais das religiões de matriz africana no Rio de Janeiro”, (Editora Pallas), de autoria do Profº. Drº. Babalawô Ivanir dos Santos.

– Sala Teatro – 14h às 15h30;
– Mesa: Religiões nos Meios de Comunicação.

– Espaço Sessão – 14h às 15h30;
– Mesa Intolerâncias no Século XXI: Convicção ou Preconceito?

– Espaço Teatro – 16h às 16h30;
– Exibição do Filme “Nosso Sagrado” (31m). – Produzido pela Quiprocó Filmes, dirigido por Fernando Sousa, Gabriel Barbosa e Jorge da Santana. O filme aborda a perseguição e o racismo religioso contra o Candomblé e a Umbanda, religiões criminalizadas durante a Primeira República e a era Vargas.

– Espaço Teatro – 16h30 às 18h;
– Mesa: Estado Laico e Liberdades.

– Sala Sessão – 16h às 17h30;
– Mesa: Tertúlia das Liberdades: Culturas em Movimentos.

– Sala Sessão – 18h;
– Apresentação Artística com As Ruths – Performance: Desmedidas.

– Sala Sessão – 18h30 Coquetel de encerramento do III Seminário.

Cinelândia:

– Das 9h às 22h – Feira Inter-religiosa, com tendas diversas, representantes movimentos
– Às 17h – Festival Cultural Inter-Religioso Cantando A Gente Se Entende;

Apresentações da Vigília de Janeiro a Janeiro (cerimônia Inter-religiosa), da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, da Estação Primeira de Mangueira, da cantora Varda, do coro Bienas e Prim, do cantor Kleber Lucas, de Altair Veloso e falas de lideranças religiosas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »