Rio

Seas e Inea destroem carvoarias clandestinas em Caxias, na Baixada Fluminense

Durante a operação, a equipe encontrou 8 fornos de carvoarias clandestinas, utilizadas para a produção de carvão a partir de árvores nativas da Mata Atlântica

Por Redação Tupi

A Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, através da Superintendência de Combate aos Crimes Ambientais (SUPCCA) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), com apoio do Comando de Polícia Ambiental (CPAm), realizou nesta quinta-feira (10), uma operação para coibir crimes ambientais na região de Jardim Gramacho, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense do Rio.

Durante a operação, a equipe encontrou 8 fornos de carvoarias clandestinas, utilizadas para a produção de carvão a partir de árvores nativas da Mata Atlântica, o que configura crime ambiental. Todas foram demolidas pelos agentes. No momento da ação, não havia ninguém no local.

A equipe também vistoriou empresas situadas na região com o objetivo de checar se as mesmas operam em conformidade com a legislação ambiental. Cinco empresas foram autuadas por praticarem irregularidades ambientais. Em uma delas, os técnicos do Inea e os agentes constataram poluição do solo, através de resíduos de graxas, óleo diesel e óleo lubrificante. Em outra, a equipe flagrou furto de energia.

Entre fiscais e policiais militares, cerca de 45 pessoas participaram da operação.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »