Conecte-se conosco

Rio

Secretaria de Saúde amplia capacidade de coleta para o diagnóstico de Monkeypox no estado

Postos recebem apenas pessoas encaminhadas por unidades de saúde

Publicado

em

Varíola dos Macacos
Varíola dos Macacos (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) está ampliando a capacidade de coleta de amostras para o diagnóstico de Monkeypox no estado. O serviço funcionará de segunda a sexta-feira para receber pessoas encaminhadas por unidades de saúde das redes pública e privada, mediante a notificação em sistema de vigilância epidemiológica do Ministério da Saúde. Não há atendimento clínico nos postos de coleta.

O primeiro posto começou a funcionar na tarde desta sexta-feira (19), no IASERJ Maracanã, na Zona Norte do Rio. Na próxima terça-feira (23), outro posto, anexo à UPA Colubandê, em São Gonçalo, também passa a oferecer o serviço.

Ao longo da próxima semana, em parceria com a Prefeitura de Nova Iguaçu, um terceiro posto de coleta será aberto no Centro de Saúde Vasco Barcelos, como referência regional, atendendo aos municípios da Baixada que não possuem serviço de coleta.

Além desses, a coleta também é realizada no Núcleo de Enfrentamento e Estudos de Doenças Infecciosas Emergentes e Reemergentes, da UFRJ, que atua em parceria com a SES.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.