Jornalismo

Sete oficiais da PM são condenados por fraudar compra de ar condicionado

Pelo menos 200 aparelhos seriam destinados para hospitais corporação

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

A Justiça da Polícia Militar condenou sete oficiais da corporação, acusados de receber propina no valor de R$ 560 mil por contratos fraudulentos na compra de condicionadores de ar.

Entre os oficiais condenados, estão: Ricardo Pacheco, Decio da Silva, Sergio de Oliveira, Delvo Nicodemos, Helson dos Prazeres, Maycon de Carvalho e Artur Junior. Todos os setes oficiais vão cumprir uma pena que pode variar de dois a oito anos de prisão.

Os militares receberam o dinheiro indevido pela compra irregular de 200 aparelhos de ar condicionado, que seriam destinados ao Hospital Central da PM, no bairro do Estácio, na Zona Norte do Rio, e ao Hospital da PM de Niterói.

A empresa envolvida no esquema é a M&C Comercio e Soluções de Equipamentos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »