Patrulhando a Cidade

STM concede liberdade a nove dos 12 militares que dispararam 257 vezes contra carro de músico

Evaldo dos Santos Rosa e Luciano Macedo morreram após terem sido atingidos

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira, o Superior Tribunal Militar (STM) decidiu conceder liberdade aos nove militares que foram presos por dispararem 257 tiros contra o carro do músico Evaldo dos Santos Rosa, que, consequentemente, matou ele e o catador Luciano Macedo, que passou no local para tentar ajudar. A tragédia ocorreu em Guadalupe, Zona Norte do Rio, em abril.

Nove tinham sido presos, mas, depois, o Ministério Público acusou mais três militares, e o grupo subiu para 12, a partir de um laudo que indicou que foram disparados 257 tiros e 62 atingiram o carro do músico. Por ordem da Justiça Militar, eles estavam presos desde abril. No atentado, a família do músico estava no carro com ele, mas conseguiu sair – o sogro foi atingido, mas sobreviveu.

De acordo com o delegado civil responsável pelo caso, “tudo indica” que os militares confundiram o carro da vítima com o de assaltantes.

A mais alta Corte da Justiça Militar é composta por 15 ministros: quatro integrantes do Exército, três da Marinha, três da Aeronáutica e cinco civis, e o presidente do tribunal vota apenas quando ocorre empates. Até a suspensão do julgamento, quatro tinham votado a favor da liberdade do grupo e um tinha se posicionado a favor da manutenção da prisão.

Comentários
enquete

Quem vai levar a melhor na estreia do Carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »