Entretenimento

Tatuadores falam sobre polêmica envolvendo doação de sangue de pessoas que fazem tatuagem

De acordo com Mandraque, não há necessidade, nos dias atuais, de uma pessoa que faz tatuagem esperar um ano para doar sangue

Por Redação Tupi

Imagem dos tatuadores Fábio Mandraque, Gilson Dread, e Malon Iandmamm
Tatuadores Fábio Mandraque, Gilson Dread, e Malon Iandmamm – Foto: Renan Gonçalves/ Super Rádio Tupi

A doação de sangue para quem possui uma tatuagem é um tema que gera polêmica. Segundo a legislação vigente no Brasil, quem faz uma tatuagem precisa esperar, pelo menos, 12 meses desde a aplicação para poder doar.  Esta margem de tempo, de acordo com o Ministério da Saúde, seria uma forma de resguardar quem vai receber o sangue.

No Dia Nacional do Doador de Sangue, os tatuadores Fábio Mandraque, Gilson Dread, e Malon Iandmamm estiveram presentes nos estúdios da Super Rádio Tupi para participarem do programa “Giro Esportivo”, comandado por Wagner Menezes. Antes de entrarem no ar, eles conversaram com a nossa reportagem sobre o tema.

Na opinião dos tatuadores, a regra, que também vale para quem faz piercing ou acupuntura, é exagerada. De acordo com Mandraque, não há necessidade, nos dias atuais, de uma pessoa que faz tatuagem esperar um ano para doar sangue, já que tudo material utilizado no procedimento é totalmente descartável.

“Esse formato de que só pode doar sangue depois de um ano é muito antiga, era quando os tatuadores usavam biqueira de aço, soldava as próprias agulhas, mas hoje e já tem bastante tempo que mudou, quase nenhum tatuador usa material esterilizado”, disse Fábio Mandraque.

Segundo o trio, que são responsáveis pela Instituição Fortatto, se o impedimento de doação for derrubado pelo Congresso Nacional, a instituição na qual eles dirigem fará uma campanha para doação de sangue para quem for fazer tatuagem.

A instituição Fortatto tem como patrocinador a empresa Electric ink, que trabalham com as tintas totalmente esterilizada e são orgânicas, para que não haja riscos na hora do procedimento de tatuagem, para que posteriormente a pessoa possa doar sangue.

O Dia Nacional do Doador de Sangue é comemorado nesta quinta-feira (25). A data foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no ano de 2004, e tem como objetivo sensibilizar e aumentar o número de doadores no mundo, conscientizando-os da importância da doação de sangue.

Essa relevância se tornou ainda maior em meio a um período de diminuição dos estoques nos hemocentros de todo o país. De acordo com as assessorias de comunicação dos Hemocentros Unidos, durante a pandemia do coronavírus, houve uma diminuição de até 50% comparecimento diário de doadores em algumas regiões do país.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »