Conecte-se conosco

Rio

Tiroteio na Maré deixa 7 mortos e fecha vias expressas na Zona Norte do Rio

Operação conjunta das polícias Civil e Militar do Rio no Complexo da Maré, desde o início desta segunda (26), começou com intensos confrontos

Publicado

em

tiroteio maré
Tiroteio na Maré deixa 7 mortos e fecha vias expressas na Zona Norte do Rio

Sete pessoas morreram e outras 26 foram presas, durante uma operação das polícias Militar e Civil, na manhã desta segunda-feira (26), no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. Na fuga, os criminosos acabaram deixando para trás, um fuzil, que foi deixado em cima de um carro, no interior da Vila do João.

Desde o início da manhã desta segunda (26), Policiais Militares do Batalhão de Operações Especiais da PM (BOPE) e Civis do Comando de Operações Especiais (CORE), vasculham os principais acessos do Complexo da Maré, visando combater o tráfico de drogas da facção criminosa que domina a região e outras comunidades, como Serrinha, em Madureira e Dendê, na Ilha do Governador que também foram ocupadas pela PM.

Até o momento, segundo a PM, a ação resultou em 26 presos, apreensão de 7 fuzis, 8 pistolas, uma réplica de arma de pressão/ar comprimido, uma granada, aproximadamente uma tonelada de maconha e 50 pés de maconha, 48 frascos de lança-perfume, 20 carros e motocicletas roubados recuperados, cinco criminosos feridos em confronto e que vieram a óbito.

No entanto, o Hospital Federal de Bonsucesso informou por meio de nota que recebeu 15 pessoas em decorrência do confronto. Destas, 7 chegaram em óbito (todos homens) e 5 estão internadas, 1 transferido pra o Hospital Getúlio Vargas e 2 liberadas pela equipe médica.

Mais cedo, bandidos chegaram a bloquear a Linha Amarela e colocaram fogo em pneus, na Linha Vermelha, até mesmo a Avenida Brasil chegou a ser parcialmente interditada.

Nesse momento, a Linha Amarela está liberada em ambos os sentidos.

Segundo informações da LAMSA, concessionária que gerencia a Amarela, a via no sentido Barra chegou a ser bloqueada, por motivos de segurança, mas foi reaberta. As retenções aconteceram, em grande parte, no sentido Fundão, por conta do incêndio em pneus, que foi controlado por equipes do Corpo de Bombeiros.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *