Rio

Três oficiais dos bombeiros são investigados por corrupção passiva

Agentes são lotados no quartel de Nova Iguaçu

Por Redação Rádio Tupi

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio divulgou que denunciou três bombeiros do quartel de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, pelo crime de corrupção passiva.

As investigações apontaram que o Tenente-Coronel Alex Silva André, o Major Jonas dos Santos e o também Major Thiago Ferreira receberam propina para emitir certificados de aprovação de estabelecimentos (CAs), de forma irregular.

Entre as empresas envolvidas, estão o Mercado Turbo 1000, o MR 2020, e o Galpão Duque Meyer, todas na Baixada Fluminense.

Os três militares foram afastados das funções e respondem a Conselhos de Justificação. Além de corrupção passiva e organização criminosa, as denúncias tentam decretar a perda do cargo de bombeiro por parte dos acusados ou qualquer outro cargo público pelos próximos oito anos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »