Sentinelas 15:55h

Alta na inflação provoca aumento nos itens básicos e brasileiro sente no bolso

Confira o que foi destaque no Sentinelas desta terça-feira

Por Redação Tupi

(Foto/Arte: Erika Corrêa / Super Rádio Tupi)

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a procura por alimentos se intensificou no mercado interno. A alta do dólar também tornou produtos brasileiros mais competitivos no exterior, elevando as exportações e gerando impacto nos preços.

O óleo de soja foi o grande campeão das altas de preços no ano de 2020, como mostram os dados da inflação oficial do país divulgados hoje, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE.

Qual o impacto deste aumento no bolso dos brasileiros? 

A lista de subitens do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, tem os alimentos entre as maiores altas do ano, ocupando as 15 primeiras colocações. Além do óleo de soja, encabeçam o ranking o arroz, com 76,01%, feijão fradinho, com 68,08% e batata-inglesa  com 67,27%. O consumidor sente o impacto.

 

Para o economista Gilberto Braga, o auxílio emergencial e a alta do dólar são alguns dos responsáveis pela alta da inflação.

 

A Pandemia da Covid-19 também é apontada por Braga, por ter desestruturado a economia.

 

Brasileiros e brasileiras estão assustados com os preços dos produtos.

 

O economista Gilberto Braga fala sobre as expectativas para 2021.

 

A caderneta de poupança encerrou o ano de 2020 abaixo da inflação. Descontada a inflação de 4,52%, não houve ganho real, com um retorno negativo de 2,30%. Trata-se da pior rentabilidade desde 2002.


Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »