Sentinelas 15:55h

Líderes religiosos dão dicas sobre como se preparar espiritualmente para 2021

Confira o que foi destaque no Sentinelas desta sexta-feira

Por Redação Tupi

(Foto/Arte: Erika Corrêa / Super Rádio Tupi)

O ano de 2020, marcado pela pandemia do novo coronavírus, deu poucos motivos para o brasileiro se alegrar, e os 365 dias que se passaram devem marcar negativamente a vida da maioria das pessoas. Mas, diante de todos os impactos ao longo dos últimos meses, é possível começar 2021 com mais otimismo e fé?

A verdade é que não há uma resposta universal para essa pergunta, mas existem, sim, formas de nutrir uma visão mais otimista da realidade.

Depois de um ano tão atípico como 2020, o que esperar de 2021? Como se preparar espiritualmente para este novo ano? O jornalismo da Super Rádio Tupi ouviu líderes religiosos de vários seguimentos, para saber a opinião deles a respeito do ano que se inicia. Leiloca Neves, astróloga do Show do Antônio Carlos, diz que o caminho para a felicidade são os bons sentimentos.///

 

 

Mas, o que dizem as religiões de matrizes africanas sobre o assunto? Como encarar o novo ciclo? Para isso, nó ouvimos Ivanir dos Santos, professor e babalorixá, que fez uma breve análise.

 

Em meio a todo esse sincretismo religioso, o pastor Julius Moreira, da igreja evangélica Bola de Neve, em Niterói, destacou a importância de buscar respostas nas escrituras sagradas e, deixou uma mensagem de conforto.

 

A Super Rádio Tupi deseja que em 2021, haja mais respeito e tolerância para todas as religiões existentes.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »