Modal

Advogado é preso acusado de agiotagem em Niterói

Mateus Valadão Guimarães de Oliveira se passava por policial federal para cobrar as vítimas

Por Isaac Santos

Foto:Divulgação

A polícia civil tenta localizar outras vítimas do advogado Mateus Valadão Guimarães de Oliveira, de 31 anos, preso dentro de uma loja, no centro de Niterói. Ele é acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e extorsão. As investigações tiveram início, em dezembro de 2018, após denuncias de que o autor realizava empréstimos mediante juros abusivos e depois se passava por policial federal para cobrar as dívidas. Caso não recebesse o dinheiro, ele ameaçava além das vítimas, os familiares delas.

A polícia mapeou todo o histórico financeiro de Mateus Valadão, que chegou a movimentar em conta de familiares mais de R$2.000.000,00 (dois milhões de reais) desde o ano de 2017. Mateus chegou a utilizar conta corrente do próprio filho, de apenas sete anos de idade, para movimentação de recursos.

Ainda segundo as investigações, ele vivia num condomínio de luxo, em Camboinhas, na Região Oceância de Niterói. O preso foi encaminhado à Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Comentários
enquete

Você concorda com as medidas restritivas impostas no Rio?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »