Últimas Notícias

Ainda na disputa! Flamengo vence o Ceará com apoio da torcida e adia título do Atlético-MG no Brasileirão

Rubro-Negro segue na vice-liderança, com 70 pontos, a oito do Galo

Por Bruno Gentile

Flamengo vence o Ceará por 2 a 1 e adia título do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro
(Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Vivo ainda pelo tricampeonato! Em jogo que marcou o reencontro com a torcida depois do vice na final Libertadores, para o Palmeiras, o Flamengo aproveitou o embalo e o apoio dos fãs, venceu o Ceará por 2 a 1, nesta terça-feira (30), no Maracanã, pela 36ª rodada da Série A do Brasileirão, e afastou a possibilidade de o Atlético-MG conquistar o título ainda ao término do confronto. Gabigol e Matheuzinho fizeram a favor dos mandantes e Rick descontou pela equipe de Fortaleza. Com o resultado, o Rubro-Negro segue em segundo lugar, com 70 pontos, a oito do Galo, líder isolado.

À exceção de um chute rente à trave pelo lado de fora feito por Mendoza, a favor dos nordestinos, o primeiro tempo foi de total domínio dos cariocas, que se impuseram desde o início e sufocaram a defesa adversária em busca de abrir o placar logo cedo. E deu certo. Isso porque, aos 2 minutos, Diego foi rápido, desarmou Fabinho, e, na sobra, Gabigol bateu sem chances para João Ricardo, que até resvalou na bola, mas não evitou o prejuízo. Na comemoração, o camisa 9 tomou cartão por celebrar o tento junto com os torcedores localizados atrás da baliza. A partir daí, a pressão continuou e o centroavante quase ampliou, ao finalizar sem hesitar, porém, por cima da meta.

Aos 21, o time comandado pelo técnico Mauricio Souza até balançou a rede novamente, entretanto, o lance foi invalidado. Depois de grande jogada coletiva, Bruno Henrique marcou após passe de Andreas Pereira, em bela trama com participações de Matheuzinho, do belga, de Gabigol e do número 27. Só que o bandeirinha flagrou impedimento do ponta esquerda, o que se confirmou nas imagens do VAR. Já perto do fim, aos 41, Gabriel, por pouco, não deixou o segundo: o lateral recebeu pela faixa direita e cruzou com perfeição,na medida. O artilheiro subiu bonito e mandou, de cabeça, uma bomba no travessão do goleiro.

Na volta do intervalo, o Flamengo perdeu uma enxurrada de possibilidades de fazer o 2 a 0, principalmente com Bruno Henrique e Gabigol. Na melhor delas, o maior goleador da Libertadores aparou próximo ao círculo da cal e arriscou firme, de canhota, para ótima recuperação de João Ricardo, tirando com a canela. E quem não faz, leva. De tanto acumular chances desperdiçadas, os cariocas, em desatenção na defesa, sofreram o empate do Ceará. Aos 25, Rick tocou em Yony González, ex-Fluminense, que chutou cruzado. Hugo Souza espalmou para o meio da área e, no rebote, Rick, caído, deixou tudo igual no Maracanã.

Mas a alegria do Vozão e a tristeza flamenguista logo se transformaram e inverteram novamente. Isso porque, aos 33, os donos da casa regressaram a todo vapor no ataque, construindo jogadas especialmente pelos lados, com a velocidade de Michael, e retornou a ficar à frente no placar, para explosão de felicidade dos torcedores presentes nas arquibancadas. O ‘Menino Maluquinho’, como é carinhosamente chamado, segurou a posse, fica com a bola pra lá e pra cá e lançou. Bruno Henrique dividiu, e Matheuzinho soltou a bomba, de direita, na bochecha da rede, decretando a vitória rubro-negra no Rio de Janeiro.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »