Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Além de torcedores, profissionais que trabalham no Maracanã também passam por teste de Covid-19

De segunda-feira às 17h até hoje, às 14h 50, desta quarta-feira, profissionais da empresa estiveram no estádio para testar cerca de 2.000 funcionários que irão trabalhar no evento

Publicado

em

Imagem aérea do Maracanã
Esquema especial de trânsito no maracanã (Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio)
Imagem do estádio do Maracanã

(Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio)

A prefeitura do Rio inicia, nesta quarta-feira, no jogo entre Flamengo e Grêmio, no Maracanã, pela Copa do Brasil, uma série de três eventos testes para analisar a volta de torcedores aos estádios de futebol do município. O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, fala sobre esses eventos e como a prefeitura vai aproveitá-los para analisar a incidência de contaminação nestes jogos do clube carioca.

 

Mas não se trata apenas na torcida que vai ao jogo. É preciso fazer também a testagem dos profissionais envolvidos na realização da partida. Estamos falando do pessoal da limpeza e dos bares que funcionam no Maracanã. Por essa razão, a MedLevensohn distribuidora especializada em produtos para saúde e bem-estar que há mais de 15 anos marca presença em todo o território nacional é a responsável por toda a operação no Maracanã. O locutor e comunicador da Super Rádio Tupi Sérgio Luiz, voz oficial do Maracanã, contou a experiência de ter sido testado para trabalhar no jogo da Copa do Brasil

Desde segunda às 17h até hoje às 14h 50 desta quarta-feira, profissionais da empresa estiveram no estádio para testar cerca de 2.000 funcionários que irão trabalhar no evento. Além disso, a MedLevensohn, em parceria com a Veus Saúde Teste Laboratorial Portátil (TLP), é a fornecedora oficial dos testes rápidos para os torcedores que vão ao Maracanã hoje.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.