Brasil

ANEC defende ensino em escolas e coloca ‘homeschooling’ como ato inconstitucional

Entidade argumenta que não há, no Brasil, legislação capaz de fazer monitoramento das condições socioemocionais e de aprendizagem dos alunos

Por Victor Yemba

(Foto: Marcelo Camargo/ Divulgação: Agência Brasil)

O homeschooling ou ensino domiciliar tem ganhado cada vez mais espaço nas discussões entre educadores e também entre governos. Recentemente, a Presidência da República deixou claro que o projeto de lei sobre o homeschooling deve ser prioridade no Congresso Nacional este ano.

A Associação Nacional da Educação Católica (ANEC), presente em 900 municípios brasileiros, com 1,5 milhões de alunos e 1.100 escolas associadas, tem se mobilizado para que essa nova modalidade não ganhe espaço no Brasil. Dentre os argumentos que vêm sendo apresentados estão a rede de proteção das crianças seguradas pelas escolas, a inclusão e a socialização na formação de cidadãos, e o desenvolvimento de habilidades e competências sócio emocionais requeridas para o sucesso pessoal e social dos estudantes, sendo a escola um espaço privilegiado de construção de oportunidades igualitárias para novas aprendizagens e relações.

“Somos uma associação favorável ao diálogo, mas a pauta do homeschooling nos preocupa muito. Entendemos que a educação precisa extrapolar os muros de uma discussão político-partidária e ir para uma discussão de uma política educacional de equidade social. Enquanto tratarmos a Saúde e Educação dessa forma, estamos prejudicando o acesso à serviços de qualidade e à melhoria e desenvolvimento das pessoas como seres humanos e como sociedade”, pontua Roberta Guedes, gerente da Câmara de Educação Básica ANEC.

Roberta Guedes,  gerente da Câmara de Educação Básica ANEC (Divulgação)

A matéria que autoriza pais ou profissionais contratados, pelas famílias, a assumirem o processo de aprendizagem das crianças foi apresentada pelo governo ainda no primeiro semestre de 2019. Mas, sem acordo, o projeto está parado na Câmara dos Deputados desde então.

 

Inconstitucional

A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil argumenta que não há, no Brasil, legislação capaz de fazer o monitoramento das condições socioemocionais e de aprendizagem dos alunos.

Comentários
enquete

Quem você acha que o Caio vai votar hoje no BBB 21?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
02:00 - Na Companhia Do Garcia
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »