Jornalismo

Apesar da independência, PSDB apoiará reforma da previdência, afirma Alckimin

Declaração do presidente do partido aconteceu nessa quinta-feira, após encontro com Jair Bolsonaro

(Foto: Reprodução)

Ao longo da manhã desta quinta-feira, vários presidentes e representantes de partido se reuniram com Jair Bolsonaro (PSL) para discutirem acerca de apoio entrono do projeto da reforma da previdência. As conversas também são uma tentativa de Bolsonaro angariar aliados no Congresso. Um dos políticos que se encontram com o presidente da República foi Geraldo Alckmin (PSDB), o terceiro a ser recebido no Palácio do Planalto.

Após a reunião, Geraldo Alckmin concedeu uma entrevista coletiva a imprensa, em Brasília. O tucano garantiu que o PSDB não foi convidado para fazer parte da base do governo, e que a postura do partido na Câmara continuará sendo a de “total independência”: “PSDB tem uma postura de independência em relação ao governo, não há nenhum tipo de troca, não participaremos do governo, não aceitamos cargo no governo e votamos com o Brasil”.

Alckmin ainda relembrou que a reforma da previdência é uma das pautas defendidas pelo PSDB a muito tempo. Porém, contou que defendeu na reunião com o presidente a revisão de alguns pontos do projeto que foi enviado ao Congresso. Segundo o ex-governador de São Paulo, o partido discorda do que foi apresentado no texto acerca do benefício de prestação continuada (BPC) e da aposentadoria rural.

Segundo Geraldo Alckmin, “o que é importante na reforma é idade mínima e tempo de transição”. E completou dizendo: “BPC somos contra, como também a questão rural. Se há uma diferença de idade na área urbana, por que não há na área rural?”.

enquete

Homens são mais sinceros que as mulheres quando o assunto é amizade?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »