Esportes

Apesar da pressão, Vasco não pretende demitir Alexandre Pássaro

Presidente Jorge salgado está pressionado por mudanças no departamento de futebol

Por Marco Vasconcelos

Alexandre Pássaro em coletiva
Alexandre Pássaro deve permanecer no Vasco (FOTO: Rafael Ribeiro/Vasco)

Depois de mais uma derrota no Campeonato Brasileiro da Série B, o Vasco viu as chances de acesso se tornarem remotíssimas. A goleada sofrida para o Botafogo, no último domingo (07), por 4 a 0, sacramentou a permanência do time na Segundona do ano que vem.

A partir de agora, a diretoria começará o planejamento para a próxima temporada. Apesar da pressão interna e externa, a direção pretende manter o executivo de futebol Alexandre Pássaro. Responsável pela montagem do elenco em 2021, o diretor tem sido apontando por torcedores como o principal vilão do fracasso vascaíno na Série B.

O Vasco entende que houve erros e acertos na gestão do futebol, mas não acha que Pássaro seja o principal responsável. O entendimento é que o departamento precisa de mais pessoas para divisão de trabalho e responsabilidades. O assunto já foi pauta após a saída do técnico Lisca, mas o bom início de Fernando Diniz freou a movimentação. O objetivo é trazer um profissional que ajude na montagem do elenco e nas funções do dia a dia do futebol.

Nesta segunda-feira (08), a diretoria se reuniu, mas nenhuma decisão foi anunciada. Enquanto isso, o técnico Fernando Diniz começou a preparação do time para o jogo com o Vitória-BA, na quarta-feira, às 21h30, em São Januário. O treinador ainda não sabe se continuará em 2022, mas já manifestou o desejo de permanecer.

 

Últimos vídeos do Vascão


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »