Rio

Após prisão de Macaquinho, Polícia Civil mira na captura de Tandera

Danilo Dias Lima, ou simplesmente Tandera, é o miliciano mais procurado no estado do Rio

Por Diogo Sampaio

Tandera
Danilo Dias Lima, o Tandera (Foto: Reprodução)

O miliciano Danilo Dias Lima, mais conhecido como Tandera, é o próximo alvo da Força Tarefa da Civil que atua contra as milícias do Rio. É o que sinalizou o delegado Felipe Curi, diretor do Departamento-Geral de Polícia Especializada (DGPE), durante coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (12), após a prisão de Edmilson Gomes Menezes, o Macaquinho.

“Quem se aventurar a assumir o posto dessas lideranças da milícia que estão sendo presas e neutralizadas vai ter o mesmo destino. Quando nós prendemos o Ecko, nós falamos que os próximos alvos seriam o Macaquinho, preso hoje, e o Tandera, que também está na alça de mira da Polícia Civil”, afirmou Curi para os jornalistas presentes.

Danilo Dias Lima ganhou o apelido pelo qual ficou conhecido devido a uma tatuagem que possui, com o olho de Tandera, do desenho Thundercats. Segundo a Polícia Civil, ele é o chefe da milícia no bairro do Jesuítas, em Santa Cruz, Manguariba e Palmares.

Atualmente, Danilo ou Tandera é um dos criminosos mais caçados no estado. De acordo com informações do Portal dos Procurados, a recompensa por ele é de R$ 5 mil. O motivo para isso é o fato de ser um dos principais nomes para assumir o comando geral da maior milícia do Rio após a morte de Wellington da Silva Braga, o Ecko, no último mês de junho.

Tandera no cartaz dos procurados
Foto: Divulgação/Portal dos Procurados


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Conexão Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »