Brasil

Assassinos de massacre em escola morreram com tiro com arma encostada na cabeça, segundo o IML

Segundo investigação, Guilherme Taucci Monteiro matou Luiz Henrique de Castro e se matou

Foto: Reprodução

Os assassinos do massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, morreram com tiro com a arma encostada na cabeça, de acordo com o médico legista do Instituto Médico Legal (IML) de Mogi das Cruzes. A informação foi divulgada pelo Bom Dia SP.

A investigação da Polícia Civil aponta que Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, matou Luiz Henrique de Castro, de 25, e depois se matou. O jovem entrou primeiro na escola e sacou um revólver calibre 38 da cintura para atirar nas pessoas que estavam por ali. De acordo com a polícia, os dois tinham um pacto de que fariam o ataque e depois se matariam. Eles andavam pesquisando na internet massacres em escolas dos Estados Unidos.

O laudo completo do IML ainda não foi concluído. Os corpos dos assassinos estão no IML de Mogi das Cruzes e só deverão ser liberados para sepultamento após o enterro das vítimas.


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »