Jornalismo

Ataques deixam ao menos um israelense e seis palestinos mortos em Israel e Gaza

Entre as vítimas, estão um bebê e sua mãe grávida

Bombardeios geraram mais destruição na região
(Foto: Reprodução)

Na manhã deste domingo, a tensão entre israelenses e palestinos na Faixa de Gaza continuou a aumentar. Combatentes palestinos lançaram 450 foguetes contra Israel, que reagiu com vários ataques de retaliação. Segundo as autoridades israelenses, os disparos provenientes da Faixa deixaram um morto no lado israelense, enquanto os palestinos contabilizaram seis vítimas fatais pela retaliação de Israel.

A escalada já havia começado na última sexta-feira, quando dois soldados israelenses ficaram feridos por disparos efetuados a partir de Gaza. As Forças de Defesa de Israel reagiram com vários ataques contra a Faixa. Segundo militares israelenses, tanques e aviões atacaram por volta de 220 alvos no enclave palestino, entre eles, um túnel da milícia radical Jihad Islâmica, que ia de Gaza a Israel.

O ataque aéreo israelense matou dois militantes do grupo islâmico Hamas, que domina a Faixa de Gaza. Outros dois palestinos, que estavam protestando perto da fronteira, também foram mortos por forças israelenses.

Além de dezenas de feridos, também morreram um bebê e sua mãe grávida, segundo os palestinos. O Exército de Israel afirmou, neste domingo, no entanto, que o bebê e a mãe palestinos faleceram no sábado, na Faixa de Gaza, em consequência de um foguete do movimento islâmico Hamas, e não de bombardeios de represália israelenses. Por sua vez, o Hamas negou a informação.

Pelo lado israelense, um homem, de 60 anos, morreu no hospital, devido a ferimentos causados por um foguete que caiu na cidade de Ashkelon. Já no último sábado, uma mulher israelense, de 50 anos, ficou gravemente ferida e, durante a madrugada, várias pessoas sofreram ferimentos em Ashkelon e na área de Lakiya, devido ao contínuo lançamento de projéteis, a partir do território palestino.

A Jihad Islâmica disse que entre os palestinos mortos estão também dois de seus membros. O grupo assumiu ter praticado parte dos ataques de foguetes contra Israel e anunciou estar pronto para novas investidas. O braço armado do grupo divulgou um vídeo mostrando combatentes islâmicos com foguetes. Eles ameaçaram atacar importantes alvos israelenses, incluindo o Aeroporto Internacional Ben Gurion, perto de Tel Aviv.

As informações são da Deutsche Welle Brasil.

enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »