Conecte-se conosco

Destaques

Ato contra Bolsonaro reúne centenas de pessoas no Centro do Rio

Policiamento foi reforçado na região e até o momento, trânsito na Avenida Presidente Vargas não foi afetado

Publicado

em

Manifestação contra o Bolsonaro no Centro do Rio
Manifestação contra o Bolsonaro no Centro do Rio (Foto: Tatiana Campbell/ Divulgação: Super Rádio Tupi)
Manifestação contra o Bolsonaro no Centro do Rio

Manifestação contra o Bolsonaro no Centro do Rio (Foto: Tatiana Campbell/ Divulgação: Super Rádio Tupi)

Diversos manifestantes contra o governo Bolsonaro se reúnem na manhã deste sábado (29), no monumento Zumbi dos Palmares, no Centro do Rio, para uma manifestação contra as atitudes do presidente em meio à pandemia da covid-19.

O professor Roberto Mansilha disse que a educação, a vacinação e a ajuda financeira para a população carente são os temas principais do ato. “O ato de hoje é importante porque com todos os cuidados, chegou a hora de a gente dizer que não aguenta mais tanta morte, tanto descontrole. A própria CPI da Covid aponta a cumplicidade do governo Bolsonaro em sabotar as vacinas.  E ai, estamos aqui na rua com todos os cuidados, com distanciamento como vocês podem ver. Não é um ato negacionista. É hora da população se indignar, não só exigindo vacinação para todos, auxílio emergencial e também empregos. É importante que a população vá para as ruas se indignar contra o que está acontecendo. Uma pandemia descontrolada por conta de um governo irresponsável”, disse o manifestante.

Manifestante contra o Bolsonaro no Centro do Rio professor Roberto Mansilha

Professor Roberto Mansilha, manifestante (Foto: Tatiana Campbell/ Divulgação: Super Rádio Tupi)

O policiamento foi reforçado na região e até o momento o trânsito na Avenida Presidente Vargas não foi afetado.

A expectativa é que o protesto se desloque até a região da Candelária.

Na semana passada, centenas de motociclistas se concentraram nos arredores do Parque Olímpico, na Zona Oeste da cidade, para a chamada “motociata” de apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *