Baixada Fluminense

Baixada Fluminense contabiliza mais de 600 tiroteios nos primeiros seis meses desse ano

Número representa uma média de três tiroteios por dia na região

Por Marcelo Silva

Ex-PM é assassinado a tiros na Baixada Fluminense
Ex-PM é assassinado a tiros na Baixada Fluminense

Um levantamento da plataforma Fogo Cruzado revela que durante o primeiro semestre deste ano, foram registrados 630 tiroteios na Baixada Fluminense. O dado representa um aumento de 13%, no número de confrontos na região, em relação ao mesmo período de 2020.  De acordo com o estudo, a Baixada contabiliza uma média de pelo menos três tiroteios por dia.

Somente no período entre janeiro a junho deste ano foram contabilizadas 171 mortes na região em decorrência das trocas de tiros na região. O número aponta um aumento de 11% no total de mortos, em ocorrências envolvendo disparos de arma de fogo.

A cidade de Belford Roxo aparece como uma das mais violentas da região, com 183 confrontos durante os primeiros seis meses de 2021 e com o registro de 37 mortos, durante essas trocas de tiros. Outro dado que chama atenção é sobre o número de chacinas nos municípios que integram a Baixada Fluminense.

A região registrou 12 durante o período do levantamento, uma média de duas a cada mês. O índice indica um crescimento foi de 500% nesse tipo de ocorrência, com três ou mais mortos. Além disso, o número de óbitos nessas ações criminosas subiu 717%.

Segundo a equipe do Fogo Cruzado, a disputa de territórios entre grupos de milicianos e quadrilhas comandadas pelo tráfico de drogas, especialmente no município de Belford Roxo, pode ter ligação com o alto número de chacinas na região.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »