Brasil

‘O Exército não matou ninguém, não’, diz Bolsonaro

Presidente se pronunciou pela primeira vez sobre o caso do músico que morreu após ter o carro alvejado por 80 tiros

Foto: Reprodução

Por Redação Tupi

Nesta sexta-feira, pela primeira vez, o presidente Jair Bolsonaro se pronunciou sobre a morte do músico Evaldo Rosa dos Santos, no domingo, após o Exército ter disparado 80 tiros contra o carro dele, com a família dentro. Bolsonaro foi questionado durante a inauguração de um novo terminal no aeroporto do Macapá. De acordo com o Presidente, o Exército não tem culpa.

“O Exército não matou ninguém, não. O Exército é do povo e não pode acusar o povo de ser assassino, não. Houve um incidente, uma morte”, declarou o presidente.

Bolsonaro disse que uma perícia já foi solicitada para entender o que aconteceu no caso e disse que o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, vai se pronunciar quando tiver a conclusão.

“Com os dados na mão, com os números na mão, nós vamos assumir a nossa responsabilidade e mostrar realmente o que aconteceu para a população brasileira”, finalizou Bolsonaro.

enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »