Brasil

Cantora gospel é condenada a 21 anos de prisão por matar o marido

Corpo do guarda municipal Eliel Silveira Levy foi encontrado em um porta-malas de um carro incendiado em São Paulo, em setembro de 2013

Foto: Araripe Castilho/G1

Uma cantora gospel foi condenada a 21 anos de prisão por matar o marido em 2013, em São Pedro, São Paulo. A defesa já recorreu da decisão e Tania Regina Levy continua respondendo o crime em liberdade. O julgamento durou cerca de 14 horas. A informação foi divulgada pelo G1.

Tania foi condenada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) na última quinta-feira. A pena da cantora é de 21 anos, 7 meses e seis dias de reclusão, inicialmente em regime fechado. Porém, ela já respondia o crime em liberdade e o juiz concedeu que ela aguarde os procedimentos sem ir para a prisão.

Segundo o Ministério Público (MP), Tania teve a ajuda de uma pessoa não identificada para cometer o crime planejado. Ela respondeu por homicídio qualificado.

O corpo do guarda municipal Eliel Silveira Levy foi encontrado em um porta-malas de um carro incendiado em São Paulo, em setembro de 2013. Ela teria matado o marido depois de descobrir uma relação extraconjugal.

enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »