Brasil

Cantora gospel é condenada a 21 anos de prisão por matar o marido

Corpo do guarda municipal Eliel Silveira Levy foi encontrado em um porta-malas de um carro incendiado em São Paulo, em setembro de 2013

Foto: Araripe Castilho/G1

Uma cantora gospel foi condenada a 21 anos de prisão por matar o marido em 2013, em São Pedro, São Paulo. A defesa já recorreu da decisão e Tania Regina Levy continua respondendo o crime em liberdade. O julgamento durou cerca de 14 horas. A informação foi divulgada pelo G1.

Tania foi condenada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) na última quinta-feira. A pena da cantora é de 21 anos, 7 meses e seis dias de reclusão, inicialmente em regime fechado. Porém, ela já respondia o crime em liberdade e o juiz concedeu que ela aguarde os procedimentos sem ir para a prisão.

Segundo o Ministério Público (MP), Tania teve a ajuda de uma pessoa não identificada para cometer o crime planejado. Ela respondeu por homicídio qualificado.

O corpo do guarda municipal Eliel Silveira Levy foi encontrado em um porta-malas de um carro incendiado em São Paulo, em setembro de 2013. Ela teria matado o marido depois de descobrir uma relação extraconjugal.




AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »