Patrulhando a Cidade

Casal de milicianos é preso acusado de homicídio e lavagem de dinheiro na Baixada Fluminense

De acordo com a polícia, criminoso recebeu R$ 15 mil pelas mortes

Por Redação Tupi

O miliciano Everson de Azevedo Texeira, acusado de duplo homicídio qualificado, na cidade de Candeias, no estado de Minas Gerais, foi preso nesta quinta-feira (20). A esposa do criminoso, Gisele Gomes da Silva, foi presa por lavagem de dinheiro.

O casal estava escondido em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Everson faz parte da milícia que atua no município. Segundo a polícia, as vítimas eram empresários. O criminoso recebeu R$ 15 mil pelas mortes. O valor foi depositado, por meio de três cheques, na conta da esposa, que sabia do crime.

O miliciano faz parte de um grupo de extermino e “matadores de aluguel” que executam as vítimas mediante pagamento de recompensa. O miliciano Lindeberg das Chagas Barbosa, vulgo BERG, intermediário no crime e líder do grupo paramilitar, foi o responsável pelo convite para as execuções.

Os presos foram encaminhados para o estado de Minas Gerais, onde ficaram custodiados à disposição da Justiça Mineira.



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »