Conecte-se conosco

Cultura

Corpo de jornalista Danuza Leão será cremado na sexta-feira

Familiares ainda não divulgaram o horário da cerimônia

Publicado

em

Danuza Leão
Danuza morreu vítima de uma insuficiência respiratória

O corpo da ex-modelo, jornalista e escritora Danuza Leão vai ser cremado nesta sexta-feira (24), no Cemitério do Caju, Região Portuária do Rio de Janeiro.

A família ainda não divulgou o horário da cerimônia e não se sabe se a despedida poderá ser acompanhada pelos fãs da ex-modelo.

De acordo com informações que foram confirmadas por familiares, Danuza que morreu na última quarta-feira (22), sofria de enfisema pulmonar e o óbito foi causado por insuficiência respiratória.

Conhecida por ser um dos rostos mais famosos da indústria da moda brasileiro, ela se tornou uma das jornalistas mais polêmicas da imprensa nacional.

A escritora, jornalista, modelo e atriz Danuza Leão nasceu em Itaguaçu, no interior do Espírito Santo, no dia 26 de julho de 1933. Aos 10 anos, ela e a família se mudaram para o Rio de Janeiro.

Ainda na década de 50, Danuza deu início a sua carreira como modelo. Ela foi a primeira brasileira a desfilar no exterior.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *