Capital Fluminense

Defesa de Monique Medeiros entra com pedido de liberdade no STF

Ministro Edson Fachin será o responsável por analisar a solicitações dos advogados da professora

Por Marcelo Silva

A defesa de Monique Medeiros entrou com um pedido junto ao Supremo Tribunal Federal na manhã desta terça-feira (23), para pedir o relaxamento da prisão para mãe do menino Henry Borel. O advogado Thiago Minagé sustenta que, por não ter havido uma audiência de custódia na ocasião da conversão da prisão temporária em preventiva, a medida viola a Convenção Americana sobre Direitos Humanos e o Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos e é considerada ilegal.

O relator do caso é o ministro Edson Fachin que ainda não se manifestou sobre o pedido feito pela defesa da professora. Na chamada reclamação constitucional, Thiago Minagé esclareceu que a ação tem como objetivo questionar a não realização da audiência pela 2ª Vara Criminal do Tribunal do Júri da capital do Rio, onde tramita o processo em que Monique é ré com o ex-namorado, o médico e ex-vereador Jairo Souza Santos, o Jairinho.

O pequeno Henry morreu no dia 8 de março deste ano e, de acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), foi vítima de torturas realizadas pelo Dr. Jairinho, no apartamento do casal, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da Capital Fluminense. O casal foi preso no dia 8 de abril e teve a denúncia aceita e a prisão preventiva decretada no dia 7 de maio por decisão do juízo do 2º Tribunal do Júri da Capital.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »