Política

Defesa de Witzel entra com uma ação no STF para que governador afastado possa retornar ao cargo

Os advogados alegam que Witzel ainda não pode prestar depoimento para se defender das acusações

Por Marcelo Silva

(Foto: Reprodução)
A defesa do governador afastado, Wilson Witzel entrou com um pedido junto ao Supremo Tribunal Federal para que o político possa retornar ao cargo. Os advogados alegam que Witzel ainda não pôde prestar depoimento, para se defender das acusações a respeito de uma suposta participação dele nos desvios na área da Saúde do Rio.
Na última quarta-feira, a Corte Especial do STJ manteve a decisão que tirou Witzel do comano do estado por 180 dias.
Segundo o Ministério Público, depois da eleição de Witzel, uma organização criminosa se instalou no governo do estado e loteou secretarias para beneficiar empresários em troca de pagamento de vantagens indevidas.
O Ministério Público Federal chegou a pedir a prisão do governador, mas o pedido foi negado pelo STJ. Em entrevista coletiva no dia do seu afastamento, Wilson Witzel negou as acusações e diz que é alvo de uma perseguição política.
Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »