Capital Fluminense

Diretores de presídio são exonerados após orgia em complexo prisional de Bangu

Farra sexual contou com a participação de presos ligados às principais facções criminosas do estado

Por Marcelo Silva

Foto: Reprodução

O diretor e o subdiretor da Penitenciária Jonas Lopes de Carvalho (Bangu 4), foram exonerados na tarde desta terça-feira (11), por causa de uma orgia com a participação de 15 mulheres e os chefes da principal facção criminosa do estado, na unidade prisional que faz parte do Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com a apuração da Secretaria de Administração Penitenciária, a festa aconteceu na noite do dia 23 de dezembro do ano passado às vésperas do Natal. A pasta investiga ainda se houve pagamento de propina aos agentes que estavam de plantão no dia do evento irregular, para facilitar a entrada das mulheres dentro do presídio.

Ainda segundo a secretaria, as investigações feitas pela Seap foram iniciadas no dia 4 de janeiro deste ano, logo após o recebimento da denúncia. Além dos diretores exonerados, nove presos suspeitos de estarem envolvidos na farra sexual foram transferidos para a Penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pelegrino (Bangu 1).

No final da semana passada, Bruno Rulieri, da Vara de Execuções Penais, a VEP determinou uma busca e apreensão na unidade para apurar a entrada irregular de mulheres para os chefes do tráfico da facção criminosa conhecida como Terceiro Comando Puro. Os presos foram colocados em isolamento após determinação da Corregedoria da secretaria.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »