Jornalismo

Dois suspeitos da quadrilha do Charlinho do Lixão são presos durante enterro do traficante

Agentes estavam infiltrados entre as pessoas que acompanharam o enterro e capturaram os criminosos

Dois mandados de prisão foram cumpridos nesta quarta-feira, durante o enterro do chefe da maior facção criminosa do Rio, Charles Jackson Neres Batista, conhecido como “Charlinho do Lixão”, no Cemitério do Corte Oito, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Bruno Augusto da Silva e Douglas Constantino Gonçalves foram presos, por policiais da 59ª DP (Duque de Caxias), suspeitos de integrar a quadrilha do traficante.
De acordo com a polícia, agentes estavam infiltrados entre as pessoas que acompanharam o enterro e então descobriram que Bruno Augusto e Douglas Constantino estavam em um dos seis ônibus alugados para transportar moradores da Favela do Lixão até o cemitério. O sepultamento do líder do tráfico aconteceu às 17h de ontem e, por meio de vídeos publicados nas redes sociais, é possível ver uma queima de fogos que durou aproximadamente dez minutos. Ainda segundo a polícia, os agentes realizavam investigações e monitoramento de integrantes da organização criminosa a qual Charlinho do Lixão fazia parte.

p>

recomendadas
enquete

Você acha que o técnico Tite precisa deixar o comando da Seleção?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »