Últimas Notícias

Em novo pronunciamento, Bolsonaro muda o tom e cita OMS

Pronunciamento foi feito na noite desta terça-feira (31)

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizou nesta terça-feira (31) um novo pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, onde afirma que a pandemia provocada pelo novo coronavírus vem sendo o “maior desafio da nossa geração”.

Bolsonaro reforçou a necessidade da implementação de medidas efetivas. “O efeito colateral das medidas de combate ao coronavírus não pode ser pior do que a própria doença. A minha obrigação como presidente vai para além dos próximos meses. Preparar o Brasil para a sua retomada, reorganizar nossa economia e mobilizar todos os nossos recursos e energia para tornar o Brasil ainda mais forte após a pandemia.”

O presidente também falou sobre as medidas de proteção à população. Segundo Jair, estão sendo implementadas de forma coordenada, racional e responsável. “O Brasil avançou muito nos últimos 15 meses, desde que assumi o cargo no último ano”, afirmou Jair.

Sobre a fala do diretor da OMS, o presidente afirma: “Nesse sentido, Senhor Tedros, diretor da OMS, disse saber que muitas pessoas de fato têm que trabalhar todos os dias para ganhar o pão e os governos têm que levar a população em conta. Se fecharmos as movimentações, o que acontecerá com essas pessoas que precisam trabalhar todos os dias? Então cada país, baseado na situação, deveria responder a essa questão. Com relação a cada medida, temos que ver o que significa para os indivíduos nas ruas. eu venho de família pobre e sei o que significa se preocupar com o pão de cada dia”.

O presidente realça as políticas em defesa do emprego e da renda como a ajuda financeira aos estados e municípios, linhas de crédito para empresas, o auxílio mensal de R$ 600 aos trabalhadores informais e vulneráveis e entrada de cerca de 1,2 milhão de famílias no programa Bolsa Família. “Temos uma missão: salvar vidas, sem deixar para trás os empregos. Por um lado, temos que ter cautela e preca ução com todos, principalmente junto aos mais idosos e portadores de doenças preexistentes. Por outro, temos que combater o desemprego, que cresce rapidamente, em especial entre os mais pobres. Vamos cumprir essa missão ao mesmo tempo em que cuidamos da saúde das pessoas.”

No encerramento, o presidente parabenizou todos os profissionais de saúde pelo serviço prestado no combate ao coronavírus.

Comentários

enquete

Fluminense tem chances de avançar na Libertadores da América?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »