Ciência e Saúde

Empreendedorismo na área da beleza cresce, segundo pesquisa

Mesmo com a alta dos preços, só no ano de 2020, área cresceu 5,8%

Por Victor Yemba

área da beleza
Empreendedorismo na área da beleza cresce, segundo pesquisa (Foto: Divulgação)

Os brasileiros têm se tornado cada vez mais vaidosos e preocupados com a saúde e a beleza. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o ano de 2020 obteve um crescimento de 5,8%. Esse percentual mostra que mesmo durante o período de pandemia e tantas adversidades o mercado estético se mantém como um dos mais promissores do Brasil.

Uma pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM) e o SEBRAE, apontou que somente no Brasil há cerca de 24 milhões de mulheres empreendedoras. Ou seja, elas têm buscado empreender cada dia mais e o ramo da beleza é o preferido delas, já que é o que mais cresce no período pandêmico. Mas nem tudo são flores. Segundo a esteticista Israele Machado, especialista em Harmonização Facial, a maior dificuldade é enfrentar jornada dupla ou tripla.

“Sabemos que quando você empreende, muitas vezes sua jornada de trabalho é intensa e exige de 12 a 14 horas de dedicação, principalmente no início. Essa vida empresarial atrelada a cuidar da casa, filhos e estudos é complicada, em qualquer ramo. Na área da beleza ainda conciliamos isso com as constantes atualizações por produtos e procedimentos novos”, explica Israele.

Israele Machado
Israele Machado, especialista em Harmonização Facial (Foto: Divulgação)

Ainda segundo Israele, com a chegada do fim de ano, as pessoas costumam buscar mais procedimentos para se cuidar e se embelezar para as festas, o que pode ser observado também nos salões de beleza e clínicas estéticas, que costumam lotar neste período do ano. “Temos tido uma procura muito grande no procedimento de Botox, que atua relaxando a musculatura e prevenindo o aparecimento de rugas. Assim como tratamento que utilizam colágeno e previnem o envelhecimento, como peelings, microagulhamentos e protocolos de revitalização, com busca da renovação celular e uma pele mais lisa e de cor uniforme”, diz a empresária.

Para a esteticista Dani Loppes, a busca pela beleza e os cuidados são destaque no Brasil e referência fora dele. Morando há três anos no Porto, ela é uma das empreendedoras que fazem parte da estatística de dados do Alto Comissariado para as Migrações (ACM), que revela que entre janeiro e dezembro do ano passado, cerca de 65% dos projetos para criação de negócios em Portugal foram feitos por brasileiros, sendo 75% deles protagonizados por mulheres.

“Empreender não é um mar de rosas, ainda mais se você for mulher. A maior dificuldade está em conseguir se estabelecer com originalidade. Hoje temos muitas empresas que oferecem os mesmos tipos de serviços, as mesmas propostas. Temos o desafio de tentar não ser uma cópia ou não ser mais um na multidão”, explica Dani Loppes.

Dani Loppes,esteticista
Dani Loppes,esteticista (Foto: Divulgação)

Graças ao avanço da tecnologia, hoje os tratamentos estéticos são acessíveis para todos os públicos. “Estética é um artigo de luxo que principalmente nós mulheres não abrimos mão (nem que seja fazer uma unha no salão). Hoje existem os parcelamentos, pacotes e facilidades para que todos possam ter acesso. Considero que a beleza é um investimento e cada profissional tem o seu valor. Não é um padrão a seguir, cada pessoa é singular e precisa valorizar as suas diferenças. Vemos muitas pessoas querendo parecer umas com as outras, mas a beleza às vezes pode estar naquele pequeno detalhe que é exclusivo, único”, finaliza Dani.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »