Destaques

Estado do Rio terá observatório do feminicídio

Lei foi sancionada pelo governador, Cláudio Castro e publicada em edição extra do Diário Oficial

Por Redação Tupi

Alerj
Alerj

Um observatório do feminicídio para coletar e analisar dados relacionados a este tipo de crime será criado no Estado do Rio. É o que determina a lei que foi sancionada pelo governador, Cláudio Castro e publicada em edição extra do Diário Oficial. A medida tem o objetivo de criar novas ações protetivas às mulheres que sofram tentativa de feminicídio, além de promover a integração entre as autoridades de investigação e de Justiça.

“Na CPI do Feminicídio, vimos que ainda há lacunas na produção de dados que possam auxiliar no enfrentamento e prevenção dessa grave forma de violência contra as mulheres”, comentou a deputada Zeidan, que foi relatora na comissão. A CPI do Feminicídio funcionou durante o ano de 2019 na Alerj.

O grupo deverá ser coordenado por representantes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alerj, e do Conselho Estadual de Direitos da Mulher. No relatório final, mais de cem recomendações foram apresentadas para melhorar o acolhimento às vítimas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
02:00 - Na Companhia Do Garcia
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »